O portal de noticias que alerta a igreja e corpo de Cristo quanto a tudo que acontece para alertar quanto a vinda de Cristo

ONU: 108 milhões de pessoas enfrentam grave insegurança alimentar

Enviado por Sábado, abril 08 @ 07:00:00 BRT por admin

Moradoras da aldeia Rabaable, na Somália, deslocam-se para coletar água. As aldeias foram recentemente reabilitadas pelo UNICEF. Foto: UNICEF / Sebastian Rich
O número de pessoas sofrendo de insegurança alimentar severa está aumentando no mundo: são 108 milhões nessa condição, contra 80 milhões em 2015

Foi o que apontou o novo relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), lançado na sexta-feira (31).“O custo em termos humanos e de recursos só aumentará se deixarmos que as situações se deteriorem”, disse o diretor-geral da FAO, o brasileiro José Graziano da Silva.“Podemos evitar que as pessoas morram de fome, mas se não aumentarmos nossos esforços para salvar, proteger e investir em meios de subsistência rurais, dezenas de milhões continuarão severamente inseguros em termos alimentares”, acrescentou.De acordo com o estudo, o conflito civil é o fator determinante em nove das 10 piores crises humanitárias, o que destaca a forte ligação entre a paz e a segurança alimentar.“A fome agrava a crise, criando cada vez mais instabilidade e insegurança. O que é um desafio de segurança alimentar hoje se torna um desafio de segurança amanhã”, disse a diretora-executiva do Programa Mundial de Alimentos da ONU (PMA), Ertharin Cousin.“É uma corrida contra o tempo – o mundo deve agir agora para salvar a vida e o sustento dos milhões à beira da fome”, continuou.O relatório destacou que, em 2017, a demanda por ajuda humanitária e resiliência alimentar aumentará ainda mais, tendo em vista que quatro países no mundo estão em risco de sofrer com uma epidemia de fome: Sudão do Sul, Somália, Iêmen e Nigéria.Outros países que exigem fortes operações de assistência devido à insegurança alimentar generalizada são Síria – incluindo refugiados nos países vizinhos –, Iraque, Malauí e Zimbábue.Na ausência de medidas imediatas e eficazes, a situação de segurança alimentar nesses países continuará piorando nos próximos meses, de acordo com o relatório.Acesse o do*****ento clicando aqui.
fonte https://nacoesunidas.org/onu-108-milhoes-de-pessoas-enfrentam-grave-inseguranca-alimentar-no-mundo/

Posted in ONU

Associated Topics

ONU

"ONU: 108 milhões de pessoas enfrentam grave insegurança alimentar " | Login/Criar uma Conta | 0 comentários
Os comentários são propriedade de quem os escreveu. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Os comentários não podem ser enviados por utilizadores anónimos. Por favor registe-se